terça-feira, 25 de maio de 2010

O decepcionante fim de '24 Horas'

Atenção! Esse post comenta episódio ainda inédito no Brasil



Ok, eu sei que na verdade não foi um adeus definitivo, afinal, produtores e o próprio Kiefer Sutherland já se pronunciaram confirmando que um filme baseado na série está em desenvolvimento para ser lançado num futuro não muito distante. Dito isso, repito o que escrevi no início dessa madrugada no twitter sobre esse último ato da série na tv: serei para sempre fã, mas fiquei decepcionadíssimo com seu final.

Leia mais...

    Já é chover no molhado apontar que essa 8ª e última temporada começou morna, foi esfriando até ficar quase insuportável para só então dar uma guinada que culminaria numa ótima sequência de episódios genuinamente empolgantes e cheios de surpresas e reviravoltas. Assim, ao lembrar desse discurso que já foi repetido por mim em outras ocasiões aqui no blog, minha lamentação pelo final optado para a série e principalmente para seu protagonista só aumenta.

    Sendo franco e direto, depois de uma boa preparação de terreno para o desfecho da série, os quatro últimos episódios não só não fugiram dos já cansativos e irritantes exageros* que a produção parecia ter abandonado, como também trilhou um caminho que desconstruiu bons personagens de forma negativa diminuindo-os de forma irritante.

    * Vilões que sempre se deixam capturar das formas mais fáceis e ridículas possíveis; Ferimentos de Bauer que parecem se curar em questão de minutos; Sujeito que do chão e a olho nu enxerga o reflexo de um satélite (segundo os 'entendidos' aquilo era drone, mas o absurdo é mesmo) a km de altura e por aí vai...

    Nunca vi a presidente Taylor como uma personagem excepcional na série, mas a imagem que a temporada vinha construindo dela como uma mulher íntegra e de princípios ilibados que muito lembravam o sempre saudoso David Palmer, foi toda por terra quando a trama de uma hora para outra resolveu colocá-la na posição de vilã, que aliada a Charles Logan, faz de tudo para encobrir a conspiração que provocou a morte de Omar Hassan em prol da assinatura do tratado de paz.

    Fato é que ao subverterem a personagem dessa forma reduzindo-a a um mero fantoche facilmente manipulado pelas mentiras de Logan, os roteiristas da série deram um tremendo tiro no pé, transformando toda -a até então boa- subtrama da assinatura do tratado de paz num engodo patético. E se a situação já ficara ridícula por si só, ao mostrarem Taylor ameaçando declarar guerra ao país de Dalia Hassan* (a viúva de Omar*) caso essa se recusasse a assinar o tratado de paz mesmo depois de ter descoberto que os russos (parte importante do tratado) estavam por trás do assassinato de Omar, a coisa desandou de vez de uma tal forma, que nem o último choque de consciência de Taylor prestes a assinar o documento na ONU aliviou a barra.

    * Uma mulher sendo aceita de uma hora para outra como representante de um país islâmico dominado pelo fanatismo? Então tá, né? A gente finge que acredita e que acha tudo plausível.

    Agora falando de Bauer (que antes do final tinha nos divertido encarnando a versão Jack estripador matando o russo e logo seguida a de Jack Jason Sexta Feira 13 quando ataca e sequestra Logan momentaneamente), que porcaria de desfecho preguiçoso foi aquele para o personagem? Sim, o cara tem que ficar vivo pra que o filme possa existir e blá blá, mas cadê o choque e a surpresa que os produtores da série tanto alardearam? "Ah, mas você tem que entender que aquela última imagem mostra como a vida do Bauer sempre está fadada a ser assim miserável e solitária", poderiam dizer alguns. Agora, transformar em desfecho de série um gancho que já havia sido usado antes no final da 4ª temporada? É sério que mostrar o protagonista tendo que fugir e se esconder do próprio governo de novo foi a melhor coisa que podiam fazer? Parabéns então para os roteiristas e produtores da série (Kiefer incluso) pela solução fácil e covarde que encontraram.

    Bom, se você leu esse post até aqui, percebeu que meu descontentamento com o final foi grande, porém, seria uma tremenda injustiça da minha parte dizer que foi tudo ruim. Vejamos, teve o Logan mostrando sua faceta mais evidente ao covardemente matar seu cúmplice e tentar se matar depois de perceber que seu plano tinha dado errado; teve a cena tensa do Jack pedindo para Chloe atirar nele; teve aquele outra no final com a própria Chloe toda emocionada se despedindo do Bauer e teve o... É, não teve mais nada.

    Zerado, o relógio chega ao fim deixando um último gosto amargo de algo que poderia ter sido tão bom e empolgante quanto já havia sido em várias outras ocasiões da série. Dito isso, que fique claro: não vou sair por aí dizendo que perdi 8 anos da minha vida acompanhando 24 Horas ou que vou promover uma fogueira para queimar DVDs só porque não gostei do final.

    Até logo Jack Bauer e obrigado pelos muitos bons momentos de diversão proporcionados!

43 comentários:

  1. O que ferrou o final foi este filme, acho que seria muito mais realista, se ele tivesse sido preso ou morto no final, mas que foi a derradeira foi o filme, então não poderiam dar o final para o personagem.

    ResponderExcluir
  2. Cara! Parabéns! Você sim sabe criticar uma série sem falar besteiras que nem muitos blogueiros por aí.

    ResponderExcluir
  3. Alexandre, exatamente isso. Seria muito, mas muito melhor que tivessem 'deixado' o Bauer fazer uma merda bem grande que o levasse à prisão. Daí, no filme que se passaria sei lá, uns 5 anos no futuro, poderiam explorar alguma situação de crise que fizesse o governo ter que recorrer ao Jack. Para a série e para o personagem seria muito mais honrado.

    ?, gentileza sua, mas obrigado.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. OK Davi o final puxou para o emocional mas poderia ter sido bem melhor.
    Espero que com o filme dêem um final decente na história.
    "Sujeito que do chão e a olho nu enxerga o reflexo de um satélite a milhares de km de altura"
    Não era um satélite, era um drone e os drones andam bem baixinho :p

    ResponderExcluir
  5. Não foi totalmente satisfatório, é verdade; mas sempre criamos expectativas e idealizamos como queremos que uma série termine. Se todos sabíamos que haverá um filme após a série, é óbvio que Jack não morreria. E tanto faz ele ir preso ou fugir do governo, a intenção é deixar a trama aberta com algumas pontas soltas para criar um arco suficiente para a confecção do tal filme.

    24 Horas nunca foi realista, e não sei porque deveria começar a ser agora... O universo que ela cria é para formar uma trama que seja interessante, cheia de tensão, suspense e ação. Eu sou da opinião que temos que esperar das séries que assistimos exatamente o que elas podem e devem oferecer, o que corresponde ao que elas sem propõem, na maioria das vezes, o que nem sempre percebemos...

    Acredito que uma série como 24 Horas nunca teria um final satisfatório de verdade... Se você perceber bem, quase todos os finais da série foram interessantes porque apresentaram ganchos, indicando continuidade. Em uma série de ação como essa, só se pode ficar satisfeito enquanto a ação ocorre...

    ResponderExcluir
  6. Vlw pelo spoiler ae bem no titulo do post!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. É piada, né? Você sabe o que significa opinião? Pois é.

    Cada coisa que eu tenho que ler...

    ResponderExcluir
  8. Gostei dos seus comentários apesar de não concordar em tudo, claro.
    Vou estar acompanhando o dudenews agora.

    Como o Helder disse: Era um drone, que voa bem baixo, alguns kilometros apenas.

    Abs!

    ResponderExcluir
  9. Esse é o Davi. Tem blogueiro(A) por aí que devia aprender com vc como se escreve uma crítica sem desrespeito e imparcial.

    ResponderExcluir
  10. Ae Davi, concordo que o final de 24 horas ficou abaixo das expectativas. Contudo, vejo agora o quão emotivos somos ao analisar as séries que gostamos.

    Se você tivesse usado os mesmos criterios de análise para o fim de Lost, seu review da saudosa série da ilha seria bem parecido com este.

    O fim de Lost e 24h foram decepcionantes, bem aquem das expectativas.

    ResponderExcluir
  11. O critério crítico foi o mesmo. A diferença é que uma me afetou positivamente e a outra não, infelizmente. Além disso, são produções absolutamente distintas em suas abordagens. Gostar do desfecho de uma não significa gostar da outra. Dito isso, cada um aborda como bem entende.

    ResponderExcluir
  12. apesar de muito bem escrita, não concordo em nada com sua crítica, e acredito que a grande maioria também. basta ver as opiniões no orkut para se ter certeza que a maioria gostou. foi repetitivo? foi sim, mas se olhar por esse lado a temporada inteira foi. mas o final conseguiu ter ação que nó queríamos, além de emocionante. respeito a sua opinião, mas não concordo.

    ResponderExcluir
  13. Davi acompanhei tanto 24 horas como Lost.
    Os nossos sentimentos em relação aos finais das séries foram exatamente opostos!

    Acredito que 24 horas teve as suas falhas, assim como Lost, mas se manteve fiel ao propósito e ideal do tema do começo ao fim. O que na minha opinião não aconteceu com Lost, diga-se de passagem.

    Até me bateu a vontade de comprar as outras temporadas de 24 que eu não tenho, coisa que eu desisti de ter em blu-ray com Lost.

    Enfim, gostei muito do final e do legado da série.

    [ ]'s

    ResponderExcluir
  14. Não achei um puta final como o pessoal aí achou, porque também achei repetitivo, mas mesmo assim foi melhor que o final de Lost.

    ResponderExcluir
  15. Permita-me discordar de você. Realmente não tivemos um final perfeito, mas sinceramente, tivemos um final digno e muito coerente com o que os produtores se propuseram a fazer até aqui. 24 Horas nunca foi uma série com muitas saídas e nem com tantas histórias diferentes para serem contadas, creio que a 5ª temporada já começou a demonstrar isso. Mas sinceramente, reclamar de acontecimentos plausíveis, a essa altura do campeonato? Acho que você não deve ter prestado muita atenção nos outros 7 anos da série. Claro que foi absurdo, mas SEMPRE foi absurdo.

    Quanto a história, eles realmente apresentaram algo novo quando trabalharam com a falha de caráter da presidente sendo mostrada de forma inovadora, tivemos na série presidentes heróis, presidentes vilões, mas nunca uma presidente que se deixou ser levada por tantas facetas diferentes como a Taylor. Isso pode parecer ridículo numa história que se passa em tempo real, mas foi inovador sem dúvida.

    Eu sei que o suposto filme da série servirá como verdadeiro series finale, mas nesse final comprovou-se uma coisa: 24 Horas, ao contrário de Lost, não é uma séire sobre pessoas e suas relações. É uma série sobre um anti-herói e sua jornada. A única coisa que importa em 24 é Jack, e foi ele a única coisa que importou nesse episódio. A ridícula redenção da presidente, o desespero da Chloe, tudo aquilo serviu apenas pra que Bauer fosse salvo, e por mais inverossímel que tenha sido a cena final dele conversando com sua única "amiga" restante no mundo pelo satélite, até ali tivemos uma metáfora para quão distante Jack Bauer sempre vai estar dos homens pelos quais ele tanto se sacrificou.

    Um final simples, repetido como você mesmo pontuou, mas não menos coerente com tudo o que foi trabalhado e apresentado sobre esse personagem aos longo dos 8 anos em que pudemos acompanhá-lo. Eu gostei, me emocionei, e espero vê-lo morrendo no final do filme. Ou não. Porque em 24 Horas, assim como em Lost como você e tantos outros Losties gostam tanto de afirmar, mais importante é a jornada e não seu fim. Jack Bauer portanto segue, fugitivo como sempre foi, quebrado como sempre esteve, se recuperando milagrosamente de grandes ferimentos como sempre fez, para continuar sua vida longe de todos, como sempre esteve fadado a viver.

    Sem mais, gostei muito do seu texto, e acho legal ver pessoas que acompanharam 24 horas por tanto tempo dispostas a comentar e conversar sobre. Penso que essa série deveria ter o mesmo tratamento dos fãs que Lost vem recebendo. Claro que isso não é possível, e talvez nem faça sentido pra tanta gente, mas te parabenizo por abrir esse espaço aqui.

    Abração.

    ResponderExcluir
  16. (SPOILERS) - Davi, adoro seus blogs e seus comentários, só tenho a agradecer pelo seu serviço prestado a toda comunidade louca por séries, sempre quando terminava de ver os episódios tanto de LOST, quanto 24 me recorria a eles. Pois bem, quero usar este espaço para um desabafo, eu odiei o fim de LOST, para mim ele foi perfeito e emocionante até a conversa entre Locke e Linus, o episódio foi lindo até os últimos minutos, aquela história de que a realidade paralela é o purgatório foi ao meu ver um tanto quanto galhofa, gostaria que a realidade paralela se encontrasse com a realidade da ilha e não que ela fosse um ritual de passagem, mas ainda LOST é o maior fenômeno da história da TV, deixa quieto, hoje assistindo 24, Jack veio me tirar da lama da decepção, por mais exagero que gira em torno de Bauer, essa é a essência da série, é nostalgia “década de 80” pura, é como eu e meu pai costumávamos chamar os protagonistas de filmes e séries: “O Artista”, e Bauer é a somatória de tudo isso; foi super emocionante o fim da série, a despedida entre Chloe e Jack foi assustadoramente real e na minha opinião quem é realmente fã do nosso anti-herói gostaria mesmo que escondidinho lá dentro dá alma, era ver Jack livre. As duas horas finais foram extremamente tensas e satisfatórias, se Deus quiser estarei eu na pré-estréia de “24” com a minha camisa da CTU esperando o velho Jack sendo caçado ou recrutado e resolvendo tudo outra vez. Bom é isso ai, essa é somente a minha humilde opinião, acho que todos têm o direito de expressar e gostar como quiserem! Obrigado e um grande Abraço!

    ResponderExcluir
  17. Davi, desculpe estar postando aqui, mas você assisti Chuck? Se sim poderia comentar, sobre o final dessa 3° temporada, achei incrivél, a capacidade do autor de renova-la, deixando a gente com gostinho de quero mais, o final foi triste, comédia, dramatico, alegre, inteligente e milhares de adjetivos, que não caberião aqui.

    Agradeço, desde já^^

    Forte abç!

    ResponderExcluir
  18. Crítica excelente.
    Faltou um detalhe: o ator que faz o Logan sempre teve grande atuações.
    Final fraco e muito previsível sim, reflexo de uma temporada irregular. A questão envolvendo a presidente diz muito sobre a série: pessoas fazendo o que pensam ser o melhor, mas que pagam um alto preço por isso.

    ResponderExcluir
  19. Acho impossível comparar o final de Lost com o de 24 horas. Lost teve um final surpreendente e profundamente tocante, por mais que não se goste. Dificilmente uma pessoa sai ilesa ao assistir o encerramento de LOST: ou se odeia muito, ou se adora perdidamente. Já esta final de 24 horas foi super clichê, totalmente previsível.

    ResponderExcluir
  20. Sem contar que o final foi sugado da trilogia Bourne!
    mas não achei tão decepicionante, e muito menos queria que o jack fosse preso, Jack Bauer é imortal como MacGyver e John MacClane!

    ResponderExcluir
  21. Também achei péssimo o final.

    Esperava algo impactante e mais drástico pro Jack. O rumo que as coisas tomaram no final me pareceu o contexto ideal para ele tivesse uma morte ou outro final que chocasse o telespectador e fosse, finalmente, algo mais irreversível.

    Achei um final totalmente frouxo.

    Já que a série terminou, que fizesse isso de uma maneira decente e definitiva. E mesmo que haja planos para um filme, poderia muito bem se passar em um período anterior, não necessariamente após essa temporada.

    ResponderExcluir
  22. Cara, e eu que botava fé sa série. Achei que era certo um final sensacional para a série, afinal é Jack Bauer! Mas, enfim, a série é boa e ainda terá um filme pela frente, talvez estejam guardando o melhor para o final...

    ResponderExcluir
  23. nossa davi quanta amargura hein!\
    cada serie tem um proposito e as temporadas anteriores nada ou pouco tinham a ver com a oitava, logo se o final desta foi bom ou ruim tanto faz vc decide, eu pessoalmente gostei.
    quanto a finada serie que vc virou viuva, a qual eu assistia empolgado ate o final de m...
    essa sim precisava ter um final condizente com o q foi mostrado antes. quantas vezes no dude original vc viu alguem postar sobre com quem kate ir ficar no final?
    as pessoas estavam interessadas sim nos misterios e os autores nao tiveram competencia para arranjar boas explicações pra eles, ai ficaram com aquela conversa mole que LOST era sobre os personagens, mentira! era sobre os misterios

    ResponderExcluir
  24. RENASCT, ainda não consegui assistir o final de Chuck. Assim que assistir publico um comentário por aqui, mas já adianto que até o penúltimo episódio a série me divertiu muito. É uma das minhas preferidas, aliás.


    DANILO, o que tem a ver o meu gosto por Lost com o fato do final de 24 ter sido ruim na MINHA opinião?

    Que obsessão doentia que os haters de Lost tem em criticar quem gostou.

    ResponderExcluir
  25. Acho que o final de 24 horas não foi o melhor de todas as temporadas, não dá pra comparar nem de perto com o final da 3ª temporada por exemplo.
    Mas não é um final canônico. Ano que vem poderemos ter um filme espetacular de Jack Bauer. Talvez uma série de filmes. Na minha opinião, Jack Bauer é o James Bond moderno (talvez por isso que o novo James Bond é tão parecido com JB).

    Lost é diferente. É o último ato, o desfecho final. Não vai ter mais história. Eu esperava um final mais criativo, que virasse o jogo, como foram todos os finais de temporada, que nos fazem ficar meses comentando e entendendo.
    Ao invés disso vi algo morno, previsível e, por isso, decepcionante.

    ResponderExcluir
  26. Adorei o final, foi de uma sensibilidade notável, pois nos fez pensar em todo o sofrimento do heroi da serie. Ser preso e quase morto mostra-nos a falta de reconhecimento por alguém que se doou de corpo e alma para defender o seu país e colocando em risco a sua própria filha, para defender os seus princípios civis e morais; fez jus ao seu treinamento, ao seu esforço incansável, um herói que permanecerá em nossos corações para sempre. Parabéns Jack Bauer. Cristina Silva

    ResponderExcluir
  27. Olha, tem uma beleza Mané-Garrincha o fato de a série terminar com um ato de consciência. Eu estou completamente satisfeito, e acho que o seu mau humor com a série até a hora 20 (plenamente justificável) contaminou tudo. As últimas quatro horas VALERAM todas as 20. Ás vezes, 30 segundos valem 30 horas, nada impede.

    E criticar a verossimilhança, bom, vamos criticar quando REALMENTE for foda. Se Jack não se recuperasse milagrosamente e etc, seria outra série, mas essa que assistimos não perde nenhum valor por causa disso.

    ResponderExcluir
  28. É justamente o contrário, se você viu os poucos comentários que fiz depois do ep 15, notou que gostei muito dos rumos. Foi do 20 pro final que a coisa desandou de novo.

    ResponderExcluir
  29. Só um aviso às poucas 'crianças' que nao sabem argumentar e partem pra ataques imaturos. Não concorda com o que escrevi? É direito seu. Se tem algo a dizer de forma adulta diga. caso contrário não precisa nem perder tempo e escrever nada porque eu não vou liberar o comentário.

    ResponderExcluir
  30. Vou fazer uma analogia um tanto quanto ridícula aqui, mas acredito que pertinente. Há alguns anos, quando o Mc Donald's começou a incluir cafés da manhã e saladas no seu cardápio, o dono da rede Burger King veio a público para dizer: "Não iremos mudar. O público nos procura por que quer hambúrgueres, junk food, e é isso que eles vão ter!".

    Jack sangrando sem parar, com uma cura milagrosa e coisas absurdas acontecendo ? Qual a surpresa ?? As outras 7 temporas de 24 foram assim !!! Fiquei super satisfeito com o final, porque os produtores não tentaram inventar e me deram o que eu queria: Jack mais uma vez resolvendo tudo, contra tudo e contra todos, e terminando a série fugindo sozinho para se esconder do governo dos EUA e da Rússia !

    Apesar de ter gostado um pouco do final de Lost, esperava outra coisa.. A série começou falando de uma ilha mágica cheia de mistérios e terminou falando de pessoas que terminam juntas e felizes, a lá Manoel Carlos...

    Mas enfim, vou sentir muita falta dessas duas séries que tanto me intrigaram nos últimos anos !

    ResponderExcluir
  31. Pô, cara, disseram que você falou tão mal de 24 horas só por causa que criticaram Lost. Mal paia. Enfim, não acredito. Sempre acompanhei suas críticas de Dexter e acho você coerente. Entretanto, discordo quanto ao "decepcionante" fim. Acho que a única coisa surpreendente seria o Jack matando o Suvarov, e eu torci por isso, mas eu entendo não poder. E outra, a cena da redenção da Madam President foi massa, irreal, mas muito legal. Eu fique imaginando aquilo no mundo real, se um presidente do EUA fizesse isso, foi impactante. E nada demais para uma mulher que prendeu a própria filha, que só quis matar quem matou seu irmão.

    ResponderExcluir
  32. 24 sofreu novamente do que eu gosto de chamar de "A Maldição da Temporada Par". Geralmente as temporadas pares são meio toscas em 24, mas essa oitava foi de doer... Depois que o presidente Hassan morreu eu pensei: quero ver que gancho vão usar pra ressuscitar essa temporada agora... e eis que eles matam a Audrey e novamente tornam o jack um rogue agent... isso já encheu o saco...
    Sinceramente, tenho minhas dúvidas se vou ter paciência pra ver o tal filme, uma vez que penso que vai novamente se tratar de mais do mesmo.
    Acho que 24 devia ter acabado na sétima temporada (que achei ótima).

    ResponderExcluir
  33. O Davi é muito coerente em seus comentários, pé no chão e inteligente.
    Entretanto, quando o assunto é LOST, todos nós nos tornamos profundamente imparciais; temos que admitir isso. Da forma como as coisas andavam, eu tenho uma forte crença de que qualquer final nos agradaria (dando respostas ou não, explicando fatos ou não).
    Eu nunca vou esquecer aquela semana inteira que eu passei encanado por causa de um garoto negro desaparecido falando AO CONTRÁRIO! E não tem como não me sentir usado ao descobrir que aquilo só serviu pra manter meu nível de surpresa elevado sem que uma explicação coerente fosse dada! EVER!
    Quanto ao final de 24...é realmente um ponto delicado falar de clichê e 24, pois um dos pontos fortes da série sempre foi usar os clichês de forma tão especial que quase se tornavam novidades. Além disso, depois de tantas reviravoltas, acabaram surgindo situações que, apesar de não serem clichês em outras circunstâncias, certamente o eram se repetidas dentro do contexto de 24.
    E faço minhas suas palavras, com uma pequena correção: sempre serei fã, fiquei TRISTE com o final e vamos esperar um filme (que provavelmente vai se aproveitar de uma situação político-social americana eventual para se manter fiel, atual e surpreendente, em parte). Kiefer Sutherland quis entrar para o panteão dos herois do impossível e o fez.
    Quem aqui se importa se Jack Bauer leva 2 facadas e 1 tiro e sai correndo tranqüilamente? He's Jack Bauer, for god's sake! =D

    P.S.: Depois de ele colocar aquela máscara, fechar o túnel (a la RJ) e arrancar o ex-presidente do carro...a série podia acabar do jeito que fosse, que eu iria continuar adorando, visto que é a isso que ela SEMPRE se propôs.

    ResponderExcluir
  34. Ainda estou na quinta temporada de 24, mas é mais ou menos assim como o João Paulo, acho que a proposta da série é essa, Jack McGaiver detonando tudo e todos, com seus planos ninjas e suas ações miraculosas. Eu curto a série esperando sempre isso, pra que inventar?


    "Apesar de ter gostado um pouco do final de Lost, esperava outra coisa.. A série começou falando de uma ilha mágica cheia de mistérios e terminou falando de pessoas que terminam juntas e felizes, a lá Manoel Carlos..."

    Bem como eu penso. Mas, GOSTEI DEMAIS do final. E LOST maníacos estão em todos os cantos. E em blogs também XD.

    ResponderExcluir
  35. Apesar da crítica ter sido muito bem elaborada, vejo um ponto um tanto estranho nela...

    Você parece pegar mais pesado com o abuso dos "absurdos/improváveis" que - não há como negar que estão em destaque ao longo das oito temporadas - são praticamente a marca registrada da série... Se o final foi tão ruim por causa do excesso deles, o resto da série teria de ser também, afinal, ela sempre se utilizou deste artifício.

    Uma pessoa que não gosta de "24 Horas" vir e falar tudo isso seria extremamente comum, mas um fã esperar pelo último episódio para comentar tais falhas soa bastante estranho...

    Até porque, ao meu ver, são estes defeitos (acontecer o que jamais teria a possibilidade) que fizeram da série algo tão original e imprevisível...

    Agora... Entrando na briga do final de "Lost", achei aquela coisa de "vamos-todos-dar-um-abraço" medíocre em relação ao resto da série, que foi tão sensacional... Foi através deste final que descobri um certo dom de enganção dos roteiristas da série, afinal, pra que criar mistérios se não vão dar NEM IDÉIAS do que eles poderiam significar?
    Honestamente, qualquer um poderia fazer isso...

    ResponderExcluir
  36. Leia de novo e perceberá que meu principal descontentamento está no esvaziamento de personagens chave da trama e no 'fim' preguiçoso (e repetido de outra temporada) dado ao Bauer por conta do filme que farão.

    Dito isso, é claro que os exageros sempre existiram e fizeram parte do charme da série até certo ponto. Ocorre que determinado segmento do arco final dessa temporada (do ep 15 ao 20) jogou o foco no desenvolvimento psicológico e comportamental dos personagens sem precisar apelar para os mencionados exageros, o que acabou deixando a série bem mais interessante na minha opinião. É por isso que o fim me desapontou. Pegaram a boa construção que foi feita para investir em elementos que só diminuiram o interesse do grande público pela série a cada nova temporada que vinha.

    É esse ponto. Concordar (ou não) com meus argumentos é uma opção livre sempre. Vida que segue e parabéns para quem curtiu esse final.

    ResponderExcluir
  37. ... foi muito bom.... agora e so aguardare a pro xima isso se eles pagarem o que o Bauer que rsrs

    ResponderExcluir
  38. Tive o mesmo sentimento, de que os roteiristas foram preguiçosos e deram à série um fim repetido. Pra mim, foi decepcionante. Tava curtindo tanto o Jack "Badass" Bauer nestes últimos episódios, e me deparo com um deja vu foda do season finale da 4a. temp. Ok, ainda veremos nosso querido Jack num (novo) longa da série, mas, mesmo assim!

    ResponderExcluir
  39. Achei a temporada muito boa, de forma geral... Discordo que ela começou morna e tals, achei uma temporada excelente.

    Mas o final...q bosta....rs...

    Decepcionante no extremo...

    Enfim, valeu como temporada

    ResponderExcluir
  40. Davi, eu gosto dos seus comentários, mas tenho de discordar de você.
    24 Horas terminou muito bem. Derrapou, mas conseguiu se segurar num galho de árvore quando estava para cair no abismo. Se levantou e mostrou como se faz um final de respeito (mesmo que tenha sido um final já usado anteriormente).

    ResponderExcluir
  41. Bem, que comentário, ARRASOU!!!

    ResponderExcluir
  42. Quem quiser conhecer outras histórias de Jack Bauer, basta procurar na internet pela série 24 declassified. São livros em inglês.

    ResponderExcluir
  43. Pra mim foi uma das piores temporada de 24 horas.

    ResponderExcluir

Fale conosco! também pelo e-mail mandando sua sugestão ou crítica.

Comentários ofensivos ou que não tenham relação com o post serão recusados.