segunda-feira, 22 de junho de 2009

True Blood – 2x02 “Keep This Party Going”

Comentário de episódio exibido no dia 21 de junho nos EUA



Pode até parecer papo de fã empolgado, mas verdade seja dita: este início de 2ª temporada de True Blood está simplesmente sensacional! E digo isso por motivos bem simples: 1) a trama da série continua repleta de sutilezas como o tema da humanidade nos vampiros, por exemplo; 2) a dose equibrada de gore como na cena do Lafayette se livrando das correntes segue impactante, e 3) o humor negro e os diálogos absolutamente marcantes principalmente por causa de do mesmo Lafayette continuam inspirados.

Leia mais...

    Deixando de lado (pelo menos por enquanto) o mistério envolvendo o assassinato da Sra. Jeannette, “Keep This Party Going” concentra sua narrativa nas subtramas que inevitavelmente vão se chocar em algum momento ao longo da temporada. Assim, quando vemos a possibilidade de Lafayette se tornar um vampiro (alguém realmente acredita que ele será morto por Eric e cia?), não dá para descartar a ideia de um possível confronto futuro dele com Jason, que por sua vez aparece cada vez mais inserido na engrenagem manipuladora da Fellowship of the Sun.

    Num outro quadro, o poder de sedução de Maryann (como vimos nas cenas do Merlotte’s) eventualmente deve gerar um conflito bastante interessante com Sookie que já sacou o tom obscuro das intenções da protetora de Tara. Aliás, será interessante ver até que ponto a chantagem da ‘vibrante’ Maryann terá efeito sobre o segredo de Sam que por sua vez também pode expô-la.

    Agora, sobre Sookie, ótimos os diálogos dela com Bill no início do episódio com relação à humanidade que enxerga nele e tal, mas sobretudo sobre a evidência de que mesmo ‘morta’, Jessica ainda mantem certas emoções intactas, ainda que por motivos não muito nobres, ou seja, o de se vingar do pai abusivo. Em suma um episódio redondinho e que ainda deixa no ar outros importantes ganchos: quem é o tal Godric, vampiro que segundo Eric desapareceu em Dallas e que papel Sookie terá nessa subtrama que se desenha? Não faço ideia, mas estou curiosíssimo para descobrir.

    Outras observações:

    - Hilária a cena em que a atendente da loja confunde Bill e o renovado Eric como um casal de vampiros gays, não?
    - E o Lafayette dizendo que nunca foi um michê, hein? :p
    - Haveria algum papel para Eggs no plano de Maryann envolvendo Tara, ou as intenções do cara são genuínas? Por enquanto fico com a primeira opção.
    - E o tal do Luke, hein? Eu não espero nada menos que uma confrontação com Jason na frente da liderança da Fellowship of the Sun e você?
    - E a atrapalhada garçonete Daphne, onde entra na trama? Só figuração ou possível futura vítima de um novo assassinato? Se tivesse que apostar iria na segunda opção.


Em tempo, o Dudecast News #3 sobre True Blood com a participação mais que especial do amigo Carlos Alexandre Monteiro será publicado nessa quarta-feira. Não perca!

8 comentários:

  1. verdade, Davi!

    O episódio foi sensacional, com destaque pro momento gore de Lafayette. Não gosto daqueles efeitos da Maryann, achei feios em relação ao resto da série. E Jason realmente me preocupa, mas acreidto que esses flashbacks dele possam estar fazendo lembrar da bondade de alguns vampiros.. nao?

    ResponderExcluir
  2. Concordo com tudo q vc disse Davi, esse ep fi muito bom, e empolgante ri muito na cena da vendedora achando q Eric e Bill eram um casal de gays! heheh E essa maryan é muito da sinistro até agora não sei bem u q ela é? direito ainda to confusa, ah tomara q o Lafayette vire vampiro mesmo!

    ResponderExcluir
  3. Ainda não vi, mas pelos comentários conseguiu superar o 2.01. True Blood tá cumprindo bem sua parte.

    ResponderExcluir
  4. Ótimo episódio, nota-se que as coisas andaram bem mais ''rápidas'' em relação ao episódio anterior.

    Foi revelado que a Maryann tem em suas mãos o poder de desmascarar o segredo do Sam na frente de todos, muito sinistro aquela mulher.

    Lafayette vampiro - seria divertido ver isso, haha

    Pra mim, o ponto baixo do episódio mesmo foi o Jason e o pessoal da Fellowship of the Sun, mas tenho certeza que virá algo interessante.
    E o ponto alto mesmo do episódio, aqueles últimos momentos na casa dos pais da Jessica, WTF???? Fenomenal aquilo, o Bill ficou put* com a Sookie ein? Uma das melhores cenas de toda a série.

    Acabei me empolgando e escrevendo demais.

    ResponderExcluir
  5. Outra coisa que queria comentar aqui:

    Quando o Bill fala que precisa ser convidado pelos donos da casa, para poder entrar: isso já tinha sido citado na série? Pois não me lembro.

    Se de fato ele precisa ser convidado pra adentrar a casa de um estranho, como ele matou o tio da Sookie?

    ResponderExcluir
  6. Pois é Bruno, mesmo que o Jason sofra uma lavagem cerebral na Fellowship of the Sun, duvido muito que ele não vá entrar em conflito com o que realmente pensa num eventual confronto com vampiros. O bom dessa subtrama é que o ep. 2x03 traz um bom foco sobre isso :)

    Gabi, a Maryann é pra mim a personagem mais enigmática até agora. Mais até do que o Eric eu diria.

    Regis, esse lance de ter que ser convidado para entrar na casa de um humano já havia sido mostrado no início da série quando Bill vai à casa da Sookie pela primeira vez para conhecer a Adele. Agora, com relação à morte do tio-avô da Sookie, o Bill o pegou do lado de fora da casa ;)

    Abraço a todos!

    ResponderExcluir
  7. Muito bom o episódio.
    Acho que vamos ter um Lafayette vampiro, um Jason fanático e uma Sookie separada de Bill.
    A única que achei meio forçada, ainda no primeiro episódio, foi a herança que Sookie recebeu, só pro Jason ter o dinheiro pra ir viajar...
    Indo ver o 2x03!!!!

    ResponderExcluir

Fale conosco! também pelo e-mail mandando sua sugestão ou crítica.

Comentários ofensivos ou que não tenham relação com o post serão recusados.