segunda-feira, 15 de novembro de 2010

The Walking Dead - Ep. 1x03 “Tell it to the Frogs”

Episódio exibido no dia 14/11 nos EUA

Se tem uma coisa que invejo demais em um roteirista talentoso é sua capacidade de criar conflitos interessantes entre personagens ao mesmo tempo em que os apresentam de forma objetiva abrindo caminho para desenvovimentos maiores posteriormente. Com isso em mente, pode até ser que a coisa mude depois, mas por enquanto – e para nossa sorte - dá para dizer sem medo que os roteiros de The Walking Dead (que só melhora, diga-se) vem seguindo fielmente uma cartilha que sempre soa infalível.

Leia mais...

    Com poucos zumbis aparecendo, o que comprova a ideia de que eles são ‘reles’ coadjuvantes da história, “Tell It to the Frogs”, 3º episódio de The Walking Dead, retoma o tom mais intimista que caracterizou a estreia da série para explorar o reencontro repleto de pequenos choques entre os sobreviventes de Atlanta e aqueles do acampamento dos arredores da cidade e, sobretudo, claro, o de Rick com o filho Carl e sua esposa Lori, cujo envolvimento com o seu melhor amigo ele ainda desconhece.

    Mas, mais do que isso, o episódio também expande, através das ações de Shane (impondo-se frente o 'rebelde' Ed) e de Rick (que resolve voltar para resgatar Merle JogosMortais), o conceito de que num cenário tão absurdamente impensável como aquele, não há espaço para o cada um por si, para comportamentos abusivos e irracionais, e muito menos para a quebra de valores morais. E isso meus amigos, diz muito sobre os caminhos que a série parece seguir e sobre o que trata sua história.

    É verdade que até agora só vimos 3 episódios (de um total de 6 dessa 1ª temporada), mas posso dizer sem qualquer receio de me arrepender, que The Walking Dead já tem cadeira cativa na minha lista de séries favoritas. Será que tô sozinho nessa?

    Em tempo, vale registrar de novo que comecei a fazer comentários em áudio sobre a série lá no Seriaudio (onde já falo sobre Boardwalk Empire), portanto se palavras apenas não forem suficientes, dá uma passada por lá e não deixe de conferir ;)

16 comentários:

  1. Grande episódio! Aquele reencontro foi fantástico, muito bem feito, cheio de emoção! Realmente, o drama de cada personagem é o centro da série, assim como nos quadrinhos. Apesar disso, quando os "errantes" aparecem, estão mto bem feitos.
    Destaco a cena agonizante do Merle e no fim vermos apenas o resultado de tudo aquilo. Para quem que, como eu, não leu os quadrinhos, imaginar o que pode ter acontecido com ele é intrigante. Será que escapou. Creio que sim, mas tenho certeza que teremos mta ação no próximo episódio.

    Abraços e continue caminhando!

    ResponderExcluir
  2. Não participei do Iê-iê-iê inicial da Série,resolvi esperar alguns episódios.Acho que agora sim,digo que walking dead é uma boa série.
    Um episódio que deixou de lado os zumbis e focou nos dilemas de nossos novos losties(Impossível não lembrar de Jin e Sun,com Carol e Ed.)
    Tá melhorando,tá melhorando.
    (E gostei da piada com Jogos Mortais...hahahah...;D)

    ResponderExcluir
  3. 6 episódios, tensos!

    não vejo muita narrativa sem aventuras. então não é uma série muito completa.

    vamos ver no que vai dar...

    ResponderExcluir
  4. Detesto cenas de cortar mão por algemas. Se vc deslocar seu dedão ou que seja, serrar o seu polegar já sai de boa.

    Ou então, serrar a corrente, parafuso, etc, mas em caso de ter que se desfazer de uma parte de corpo, o polegar já resolve.


    No mais, adorei o episódio e a review

    ResponderExcluir
  5. Tem um osso na mão que se você quebrar ela passa facinho nas algemas.

    Mas o merle talvez não soubesse disso. Merle Fail.

    ResponderExcluir
  6. concordo, cortar a mão é besteira. episódios muito parados, muita conversa e pouca ação. e ter duas pessoas incomodando num grupo de 20é muita apelação pra gerar conflito dentro do grupo. o foco devia ser nos zumbis.

    ResponderExcluir
  7. To gostando da série, é muito cedo para saber se a história será bem estruturada ou não. Mas estou confiante.

    ResponderExcluir
  8. Eu nunca esperei que a série fosse se desenvolver focada unicamente nos zumbis. Acho interessante que a história dê espaço aos "errantes", mas se não houver o desenvolvimento das relações em grupo, pra mim perde a graça.

    Se a narrativa focar só nos zumbis, só vamos ver muito tiro na cabeça e muito "Hurrrr...Ahhrrrrr". Acho que não é bem por aí.

    Valeu.

    ResponderExcluir
  9. Tem até gente na comunidade da série (Orkut) enxergando semelhança com Lost...

    Será? (em relação a um grupo de sobreviventes e tal.)

    Achei nada a ver...

    ResponderExcluir
  10. Venho gostando muito da serie até agora, a cena do Merle desesperado é muito boa, só achei meio estranho como conseguiram chegar no terraço do prédio onde estava Merle quase sem encontrarem nenhum zumbi tudo bem que o Glenn conhece bem a cidade mais não era pra tanto.

    Valeu galera e até o próximo episodio

    ResponderExcluir
  11. Gostei muito do episódio, acho que você tá certinho, os zumbis tem que ser os coadjuvantes nessa série.

    Gosto muito do suspense criado com as interações humanas entre os sobreviventes, nos mostrando as diferenças entre cada um deles.

    Abraços

    ResponderExcluir
  12. Assisto cada episódio tremendo de tensão... putz a cena do Merle no começo implorando para Deus me deixou de cabelo em pé! Essa coisa de mostrar do que as pessoas são capazes em situações absurdamente extremas é incrível. Uma pena que serão só 6 episódios... já não vejo a hora de começarem a segunda temporada e explorarem mais esse tema.

    ResponderExcluir
  13. Pra mim, esse foi o mais fraquinho dos 3 episódios. Não aconteceu muita coisa e acho que os encontros poderiam ter tido mais emoção.
    O corte na mão era algo já esperado e não encontrá-lo lá encima não foi nenhum espanto.
    Agora apostar de novo em um grupo de sobreviventes e conflitos soa muito clichê. É bom ter algum diferencial nessa história.
    Espero que os próximos episódios sejam melhores.

    ResponderExcluir
  14. to acompanhando ..muito bom... :D

    ResponderExcluir
  15. Os dois primeiros episódios foram razoavelmente bons e a série parecia que ia engrenar bem. Mas o terceiro episódio foi muito fraco. O reencontro e as cenas do marido encontrando a mulher e o filho foram sofríveis. Ainda não assisiti o quarto episódio, já não me parace mais tão interessante. Basear a série apenas em alguns fracos conflitos como o marido que bate na mulher e voltar para buscar o brigão que foi abandonado algemado a um cano não me parece algo que vá prender a atenção por muito tempo. O corte da mão foi bem fraquinho e manjado. Além disso as cenas com os zumbis não vão sustentar por muito tempo a série. Pelos dois episódios iniciais esperei bem mais da série. Mas, quem sabe haja uma reviravolta...

    ResponderExcluir
  16. é seriado da AMC, ou seja, pra gente grande... se quer ficar só vendo tiro, tem que procurar outra coisa.

    ResponderExcluir

Fale conosco! também pelo e-mail mandando sua sugestão ou crítica.

Comentários ofensivos ou que não tenham relação com o post serão recusados.